.

.
"SOU COMO VOCÊ ME VÊ. POSSO SER LEVE COMO UMA BRISA OU FORTE COMO UMA VENTANIA, DEPENDE DE QUANDO E COMO VOCÊ ME VÊ PASSAR." (Clarice Lispector)

quarta-feira, 23 de julho de 2014

DUNGA É O "NOVO" TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA: PARECE PIADA!


Esse Dunga é o mesmo que foi acusado de envolvimento com a "Máfia da Venda de Ingressos", durante a Copa do Mundo*?

Será que a principal exigência curricular para um sujeito se dar bem com as "otoridades" do futebol brasileiro, é ser "roleiro"?

Vai ver foi por isso que Tite, Zico e Muricy foram sumariamente descartados...

* Verifique abaixo alguns exemplos de matérias jornalísticas, veiculadas durante o período da Copa do Mundo, citando Dunga como envolvido no esquema de vendas ilegais de ingressos:











terça-feira, 8 de julho de 2014

BRASIL X ALEMANHA: SE O BRASIL VENCER, O GRANDE HERÓI SERÁ O COLOMBIANO ZÚÑIGA!


Diante de tanto otimismo da imprensa esportiva brasileira em relação as possibilidades de vitória do Brasil no jogo de hoje contra a Alemanha, mesmo jogando seu o principal craque do time, começo a pensar na possibilidade de que a ausência de Neymar era o “toque de mágica” que estava faltando para que a “Seleção da CBF” finalmente começasse a jogar o futebol que todos esperam dela, coisa que não fez até as quartas de final da Copa do Mundo.

Vamos aguardar o jogo contra a Alemanha, pois caso o Brasil vença, quem sabe não seria a hora de algum desses políticos aloprados pensar na possibilidade de fazer uma homenagem oficial ao lateral colombiano Zúñiga, por ter nos dado a oportunidade, ao afastar Neymar do restante da Copa, de colocar em campo a nossa “melhor  equipe”.

Quem viver verá! 

segunda-feira, 7 de julho de 2014

BRASIL X ALEMANHA: QUAL O LIMITE PARA A DESFAÇATEZ DA INPRENSA ESPORTIVA BRASILEIRA?


Ao ver a imprensa esportiva brasileira tão animada com as possibilidades de vitória contra a Alemanha, chegando ao cúmulo de, conforme ouvi de um comentarista da JC News, agora no final da tarde, afirmar que a ausência do craque do Brasil seria um "complicador" para o Selecionado Alemão,  pois seus zagueiros ficariam desnorteados sem saber a quem marcar, pois haviam treinado insistentemente para, no caso de jogar contra a "Seleção Brasileira", exercer uma marcação severa contra Neymar.

O fato é que os desavergonhados jornalista esportivos brasileiros, que deveriam exercer seu dever de analisar friamente os fatos, foram "adestrados" para agir como se fossem "chefes de torcida", dizendo unica e exclusivamente aquilo que o "povão" quer ouvir.

Seria cômico,  se não fosse trágico!

segunda-feira, 23 de junho de 2014

ESSES CARAS DA REDE GLOBO "INVESTEM" NA IGNORÂNCIA DOS BRASILEIROS...

Agora a pouco, entre as mil e uma abobrinhas ditas pelos comentaristas da Rede Globo (Galvão Bueno, Casagrande e Arnaldo César Coelho), após a partida entre Holanda e Chile, "trinca iluminada" passou um bom tempo fazendo média com a torcida brasileira, alegando que o fato do treinador da Holanda haver comemorado os gols da vitória da sua seleção seria um sinal de que ele estaria com medo de enfrentar o Brasil.

Será que essas "antas" queriam que o treinador da holanda chorasse nos momentos em que seu time marcava os gols que garantiram os 100% de aproveitamento da sua seleção?

O pior é que milhões de brasileiros, dos tais "patriotas de Copa do Mundo", seguramente aceitarão esse "devaneio mal intencionado" como verdade absoluta.

Alguém duvida?

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

ESCONDER O SORTEIO DAS CHAVES FOI FÁCIL, QUERO VER ESCONDER A COPA DO MUNDO...

 
A FIFA e a presidente Dilma Rousseff, com medo das vaias e protestos populares, "esconderam" a cerimônia do sorteio das chaves da Copa do Mundo de 2014 na elitista região da Costa do Sauipe, uma área isolada no litoral norte da Bahia (há quem diga que até mesmo o arquipélago de Fernando de Noronha chegou a ser ventilado para sediar o evento).

A cínica estratégia pode até ter dado certo, no sentido de enrolar a opinião pública internacional, quanto a aceitação dos brasileiros em relação a realização da Copa do Mundo no Brasil, mas eu quero ver se esses canalhas serão capazes de esconder do mundo os protestos que ocorrerão durante os jogos da Copa do Mundo, que obrigatoriamente terão de se realizados nas grandes cidades.

Aí o bicho vai pegar, pois nada nem ninguém será capaz de esconder do mundo o descontentamento popular em relação ao evento.
Durante o desenrolar da Copa do Mundo,  nenhum desses pulhas dormirão tranquilos, pois sabem que a qualquer momento poderão estar diante da "hora da onça beber água"...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

MORALIDADE SELETIVA DA IMPRENSA PERNAMBUCANA: "FARINHA POUCA, MEU PIRÃO PRIMEIRO"

 
Ouvindo alguns dos diversos programas esportivos veiculados nas principais rádios recifenses, testemunhei a quase totalidade dos jornalistas pernambucanos fingidamente indignados com o fato ocorrido no jogo Vasco X Cruzeiro, quando um diálogo entre o cruzeirense Julio Baptista e o vascaino Cristiano deixou transparecer indícios de "arrumadinho" para favorecer o Vasco.

Concordo plenamente com qualquer tentativa de tornar minimamente moralizado essa "bagunça" em que a CBF transformou o futebol brasileiro.

Entretanto, acho de um cinismo atroz essa “moralidade seletiva” de alguns jornalistas, que criticam acidamente algumas safadezas e compactuam irresponsavelmente com outras, a exemplo daquela que fez o Boa Esporte-MG, quando na véspera do seu jogo contra o Sport Club Recife, dispensou metade do time, inclusive o seu craque, seu artilheiro e até mesmo técnico da equipe.

Será que esse "desmonte" da equipe do Boa Esporte, com o campeonato da Série B ainda em andamento, com óbvios favorecimentos ao Sport, também não teria sido resultado de algum sórdido "arrumadinho" entre os cartolas dos dois clubes?

Entretanto, embora esbraveje sobre a provável safadeza ocorrida na partida entre Vasco e Cruzeiro, em relação ao possível conluio entre Boa Sport e Sport Recife a imprensa pernambucana fica absolutamente omissa, como que compactuando com a safadeza.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

UMA VEZ FLAMENGO, FLAMENGO ATÉ MORRER!

 
 
Hoje é aniversário do Flamengo, um time pelo qual torço desde o dia 30 de agosto de 1958, quando fui levado por meu pai ao Maracanã, para assistir uma partida entre Flamengo e Botafogo.

Como botafoguense, meu pai pretendia fazer com que assistindo jogar aquele timaço alvinegro, base da Seleção Brasileira, contando com craques do quilate de Nilton Santos, Didi, Garrincha, Quarentinha e Zagalo, eu passasse a torcer pelo "Clube da Estrela Solitária".

O "tiro saiu pela culatra"!
Ao ver atuar um time formado por Fernando, Joubert, Milton Copolilo, Tomires, Jadir, Jordan, Joel, Moacir, Henrique, Dida e Babá, encantei-me pelo Flamengo de tal forma que, independe de resultados, o encantamento continua vivo até hoje.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

PARA QUEM PENSA QUE JÁ VIU TUDO NO FUTEBOL...

Abra o link abaixo e assista um gol marcado com apenas SETE SEGUNDOS de jogo, pelo australiano Tim Cahill, durante uma partida entre o New York Red Bulls e o Houston EDynamo, pela liga profissional de futebol dos EUA.

http://uolesporte.blogosfera.uol.com.br/2013/10/21/australiano-marca-golaco-em-7-segundos-e-bate-recorde-nos-eua-assista/?cmpid=cfb-esporte

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

SUGESTÃO PARA A DISPUTA DO CAMPEONATO PERNAMBUCANO DE 2014


 
Como em 2014 haverá carência de datas para a realização do Campeonato Pernambucano de Futebol, em virtude dos jogos da Copa do Mundo, sugiro que transformem a participação dos grandes times de Pernambuco na Série B do Brasileirão do próximo ano em uma  "edição especial" do certame estadual.

Afinal, como o Campeonato Pernambucano de Futebol é, na prática, tradicionalmente disputado apenas pelos três grandes times da capital, com todos os outros clubes participando como meros figurantes, decida-se que a classificação de Náutico, Sport e Santa Cruz na Série B do Brasileirão/2014, será o fator determinante para a designação do campeão, vice e terceiro colocado.

A solução é simples, na medida se concretize o que está sendo “desenhado atualmente”, com o Náutico caindo da Série A, o Sport permanecendo na B e o "Santinha" subindo da C, possibilitando que em 2014 os três se encontrem na Série B do Brasileirão.

domingo, 22 de setembro de 2013

FUTEBOL BRASILEIRO DÁ AULA DE COMO AFUGENTAR OS TORCEDORES DOS ESTÁDIOS...


 
Agora entendo perfeitamente os motivos para a visível queda de frequência nos estádios brasileiros, durante as partidas de futebol.

Ao tentar adquirir ingressos para o jogo Náutico X Flamengo, pela 23ª rodada do Brasileirão, passei a enfrentar uma “Via Crucis”:

1) Dirigindo-me à sede do Náutico, fui informado que ali só poderia comprar ingressos para ficar junto aos torcedores do Náutico. Argumentei que não queria ficar junto à torcida, e fui informado que não existe essa possibilidade, pois“SÓ EXISTEM DOIS TIPOS DE INGRESSOS: PARA TORCEDORES DO NÁUTICO OU TORCEDORES DO FLAMENGO”, o que, em princípio, significa que o espectador que não torce por nenhum dos dois times, e quer simplesmente assistir ao espetáculo, é obrigado a escolher a torcida com a qual quer ficar “MISTURADO”.

2) Ainda na sede do Náutico, fui informado que o único outro lugar onde os ingressos poderiam ser adquiridos seria no Shopping Center Recife, praticamente do outro lado da Recife.

3) Chegando ao Shopping Center Recife, fui encaminhado ao “Quiosque da Arena Pernambuco”, onde fui informado que entre as duas opções que teria para comprar ingressos, na torcida do Náutico ou do Flamengo, e que as diferenças eram: se comprasse para a torcida do Flamengo, teria de ficar no que eles chamam de“Setor Norte (VERDE)”, que na prática significa atrás de um dos gols, e pagaria o preço unitário de R$50,00 (cinquenta reais), enquanto se optasse por comprar o ingresso reservado à torcida do Náutico, ficaria localizado na “Setor Leste (LARANJA), que fica na lateral do campo, e pagaria apenas R$25,00 (vinte e cinco reais).

4) Note-se que existem dois setores do estádio nos quais os ingressos não estavam sendo disponibilizados, os Setores Sul, AMARELO, e Oeste, AZUL, o que significa que existe uma óbvia intenção de concentrar a plateia em uma determinada área do estádio. Será que é para que as emissoras de televisão possam fazer imagens enganosas, passando aos telespectadores a falsa impressão de que o público presente ao estádio é maior do que o real?

5) Para completar a esculhambação, fique registrado que mesmo do “Quiosque da Arena Pernambuco”, que funciona dentro do Shopping Center Recife, a venda de ingressos é feita exclusivamente à dinheiro, sem qualquer possibilidade de uso de cartões de crédito ou de débito.

Com o que está descrito acima, fica claro que nesse Brasil Tiririca, os torcedores, além de roubados no momento da compra dos ingressos, são claramente desrespeitados em seus direitos mais evidentes, entre os quais o de o de assistir uma partida de futebol como se fosse um espetáculo, pois fica OBRIGADO a optar por estar inserido em uma das duas torcidas.

Será que agora alguém mais consegue entender os motivos das quedas das arrecadações?